Baratas

Controle e Alergia a Baratas

Além de fezes, saliva, ovos e exoesqueleto, outras proteínas destes insetos causam alergia aos humanos. Em crianças, quando inaladas, podem induzir à asma. Testes de pele em crianças identificam os antígenos de baratas entre os principais causadores de alergias seguido dos ácaros.

A situação é complexa pois a disseminação deste inseto é praticamente incontrolável e seus alergênicos permanecem nos prédios contaminados por 5 anos ou mais, mesmo na ausência das baratas. Os testes de identificação são também complicados pois há muitas proteínas envolvidas e diferentes espécies de baratas. Dos 15 tipos de alergênicos conhecidos gerados pela presença, há pessoas que tem reação alérgica a apenas um tipo e outras a vários. Estudos norte-americanos publicados no “New England Journal of Medicine” mostra a necessidade de identificar os alergênicos nos domicílios.

Amostras de pó varrido de quartos de 500 crianças asmáticas foram analisadas abrangendo alergênicos de ácaros, gatos e baratas revelando estas como a causa mais comum da existência de asma.

Em 50% dos quartos destas crianças havia alergênicos de baratas excedendo o limite de concentração disparador da doença; 10% apresentavam ácaros e 13% gatos. A causa de hospitalização também era de 3 a 4 vezes maior neste grupo e 80% a mais de visitas a ambulatórios médicos. Uma contaminação de alergênicos de barata em casa é como uma contaminação nuclear, ambos são perigosos mesmo em diminutas quantidades. Uma limpeza de 95% pode ser extremamente perigosa.