Doenças da Infância

Sarampo

O Sarampo doença de origem virótica (Morbillivirus sp.), que ataca principalmente crianças até 10 anos: esporadicamente ocorre alguns causos em adultos. O vírus do sarampo é um vírus envelopado com cerca de 150-300 nanometros. As eritemas cutâneos são causados mais pela ação do sistema imunológico contra o vírus que por ele próprio. A resolução da doença dá imunidade para toda a vida. É uma das cinco doenças comuns da infância como a catapora, rubéola, eritema infeccioso e roséola.

É altamente infeccioso e transmitido por secreções respiratórias como espirros e tosse. Após o inicio de uso da vacina tornou-se rara nos páises que a utilizam de forma eficaz, como América do Norte e Europa. Contudo ainda causa 40 milhões de casos e um a dois milhões de mortes por ano em países sem programas de vacinação eficientes. As manifestações iniciais são febre alta, tosse rouca e persistente, coriza, conjuntivite e hipersensibilidade à luz. Surgem manchas brancas na mucosa da boca e após isso surgem manchas avermelhadas na pele, inicialmente no rosto e progredindo em direção aos pés, durando pelo menos três dias, e desaparecendo na mesma ordem de aparecimento. A mortalidade é de 0,1% em crianças de boa saúde e nutrição, mas pode subir até 25% em crianças subnutridas.

Rubéola

A Rubéola é uma doença causada pelo vírus da rubéola (Synonymous) e transmitida por via respiratória. É uma doença geralmente benigna, mas que pode causar má formações no embrião em mulheres grávidas.

Uma pessoa é contagiada pelo vírus ao inalar partículas/gotículas que são expelidas através de um espirro e tosse de uma pessoa infectada. A propagação do vírus também se dá ao entrarmos em contacto com objetos e pertences de pessoas que estejam contaminadas e que os tenham utilizado.

Uma pessoa que tenha contraído o vírus é contagiosa desde os sete dias que antecedem o aparecimento até sete dias após o seu desaparecimento. Se ocorrer a transmissão do vírus de mãe para filho durante o período de gestação, o bebê será uma fonte de contágio até doze meses depois do seu nascimento.

Caxumba

Doença de transmissão respiratória, causada pelo vírus da parotidite infecciosa (Rubulavirus sp.) parente do Sarampo. É uma doença da infância geralmente inócua, mas pode causar alguns problemas no adulto. É altamente infeccioso. Os vírus são transmitidos por gotas de espirros, tosse, ou por contato direto.

É caracterizada por um aumento não supurativo de uma ou ambas glândulas salivares parótidas, e também as outras glândulas salivares, sendo outros órgãos também acometidos. O período de incubação é de 12 a 24 dias. O vírus penetra pela boca e vai até à glândula parótida onde se dá a multiplicação primária, viremia e localização nos testículos, ovários, pâncreas, tireóide, cérebro, próstata, fígado, baço e timo. A multiplicação também se pode dar no epitélio superficial respiratório, viremia e localização nas glândulas salivares e outros órgãos.

Os sintomas são inchaço das parótidas (dos lados da face junto às orelhas) com dor, febre, dores de cabeça, garganta inflamada e dores de testículo em 20% dos casos. Um terço das infecções pelos vírus da caxumba são assintomáticos.

Ocasionalmente em adultos ou adolescentes, mas raramente em crianças, quando tratada de forma equivocada ou displicente, pode comprometer o sistema nervoso central (meningoencefalite) e testículos (orqui-epididimite), raramente resultando em surdez e esterilidade. A esterilidade só ocorre em individuos do sexo masculino durante ou após a puberdade e nunca em crianças. A imunidade após resolução é para toda a vida. A mortalidade é baixa e principalmente em adultos.

Catapora

A varicela ou catapora é uma doença infecciosa aguda, comum na infância e altamente transmissível. É causada pelo vírus varicela-zóster, (human herpes virus 3) e todos os seres humanos apenas pegam catapora uma única vez em sua vida.

É altamente infecciosa com mais de 90% dos contactos suscetíveis sendo infectados. A transmissão é via aérea, em gotas aerossolizadas de espirros ou tosse, ou pelo contato com pele infectada.

A varicela é quase exclusivamente uma doença de crianças e é uma de cinco doenças da infância com feridinhas ou erupções. As outras quatro são sarampo, roséola, rubéola e eritema infeccioso. O período de incubação até o surgimento das pústulas é de cerca de 12 dias. Os sintomas iniciais são febre e erupções ou feridas que coçam. É comum até crianças que ainda não foram infectadas serem enviadas para brincar com as doentes, de forma a sofrerem a inócua varicela infantil e ficarem protegidas para sempre da mais perigosa forma adulta.

Banhos com permanganato de potássio são sempre aconselhados para aliviar a coceira e cicatrizar rapidamente as feridas. Importante: dissolva um pacote ou um comprimido em cinco litros de água.

Recomendações:

  • Corte sempre as unhas e deixe-as limpas;
  • Evite contato com pessoas com baixa capacidade de defesa;
  • Use roupas leves, para evitar calor e aliviar as coceiras;
  • Use luvas na hora de dormir, se a coceira incomodar muito;
  • Tente aliviar o prurido com talcos mentolados ou banhos com amido de milho.;
  • Não coce a varicela, porque marcas podem ficar para sempre em seu corpo.